Cultura

Show gratuito de Guilherme Arantes e Rodrigo Pitta no Ibirapuera

Projeto Flui SP tem show gratuito de Guilherme Arantes e Rodrigo Pitta no Ibirapuera com o objetivo de conscientizar a sociedade sobre o consumo responsável de água

 

Em julho de 2014 o conceito do termo “volume morto“ entrou para a rotina da mídia e da sociedade paulista devido à queda do nível do Sistema Cantareira.

O País permanece convivendo com o problema, especialmente grave na região Nordeste, e em estado de atenção em São Paulo, onde o sistema está com menos de 60% de sua capacidade.

Chamando a atenção para o problema, a Dançar Marketing concebeu o projeto FluiSP, que não objetiva apenas a economia de água, mas também conscientizar a sociedade sobre a necessidade de uso responsável das reservas naturais do planeta. Para consolidar a iniciativa está marcado um show para o dia 2 de dezembro, na Arena de Eventos, do Parque Ibirapuera, com Guilherme Arantes e Rodrigo Pitta.

O portal do FluiSP (www.fluisp.com.br) vai trazer iniciativas globais que promovem o uso consciente da água, informações detalhadas sobre o show e dicas de como economizar água entre outros.

A Lorenzetti, líder em duchas, chuveiros e torneiras elétricas e aquecedores de água a gás, apoia a ação. “Um dos principais compromissos da Lorenzetti é apoiar projetos que visam disseminar atitudes sustentáveis voltadas, principalmente, para a redução do consumo de água. Pensando nisso, somos patrocinadora do Flui SP, uma iniciativa essencial nos dias de hoje, estimulando a população, por meio de entretenimento de qualidade, para que tenha ainda mais consciência para a preservação do bem natural mais precioso do Planeta”, destaca Alexandre Tambasco, gerente de Marketing da empresa.  

 

Guilherme Arantes

Por ser o autor do sucesso “Planeta Água”, segundo lugar no Festival MPB Shell de 81, o consagrado Guilherme Arantes foi escolhido para estrelar o FluiSP. 

Paulistano da Bela Vista, Guilherme Arantes, antes de frequentar as paradas de sucesso, começou modestamente como músico tocando com Jorge Mautner, depois formou o grupo Moto Perpétuo até decidir seguir carreira solo, no pop. 

O compositor conheceu o sucesso com “Meu mundo e nada mais”, tema de “Anjo Mau”. O artista é um dos compositores que mais frequentaram as trilhas de novelas globais, com 24 temas, entre eles, “Amanhã, de Dancin’ Days. Em 1980, ele compôs especialmente para Elis Regina as músicas “Aprendendo a Jogar” e “Só Deus é quem Sabe”. Em 1981 emplacou “Deixa Chover” na novela Baila Comigo. Em 1982, escreveu “Lindo Balão Azul”, que fez parte do especial Pirlimpimpim, em comemoração aos 100 anos de Monteiro Lobato, e foi um estouro nas paradas com o público infantil.

“Cheia de Charme” coincide com a mudança do artista para o Rio de Janeiro, que traria, posteriormente, algumas parcerias com Nelsinho Motta. Uma das fases que ele entende como das suas mais férteis artisticamente foi no final dos anos 80, com a popularidade em alta. “Um dia um Adeus” embalou a história da novela “Mandala”, enquanto o álbum “Romances Modernos” trouxe entre outras a música “Raça de Heróis”, tema de “Que rei sou eu?”.

Já o disco “Crescente” continha a música “Sob o efeito de um olhar”, da novela “Vamp”. Em 2000, Guilherme foi morar na Bahia e iniciou seu projeto de pousada-estúdio. Seu álbum de 25 anos de carreira tinha o hit “Prontos para amar”, sucesso na trilha de “Porto dos Milagres”.

Entra modismo, sai modismo, tendências musicais, lá está Guilherme Arantes, tão presente com seu pop na MPB quanto a água na vida de todos nós.

Rodrigo Pitta

Uma das grandes revelações multimídia, Rodrigo Pitta é eclético: poeta, compositor, cantor, dramaturgo. Fluente em inglês desde os 5 anos, aos 18 já dirigia o musical Pocket Broadway, sucesso no teatro no final dos anos 90. É autor dos álbuns “Estados Alterados” e “PQP – Porque Pop ou Pátria que o Pariu”, disco que aborda temas como preconceito e desigualdade social, sexualidade e liberdade de expressão.

Rodrigo Pitta foi escolhido pela Itaipu para ser embaixador da causa da água no Brasil e no mundo.

Também compôs a música Água Tudo no álbum Estados Alterados mais as canções “Água Gasolina” e a “Virgem Maria” parte do livro-CD homônimo que faz prefácio de Gilberto Gil. 

 

Rodrigo fez parceria com a Ana Carolina em duas canções de seu último álbum, e já teve música em 5 telenovelas da TV Globo como O Clone, Anjo Caiu do Céu, Filhas da Mãe, Estrela Guia e Amor a Vida.

 

Serviço

FluiSP

Show de Guilherme Arantes e Rodrigo Pitta.

Dia 2/12, 16:00 horas.

Arena de Eventos, Parque Ibirapuera.

Entrada franca